Governo conhece ferramentas chinesas de tecnologia da informação voltadas para a Educação

Palavras-chave:
Foto: Divulgação
O governador Rui Costa e o secretário Walter Pinheiro conheceram, na tarde deste sábado (2), na China, (madrugada em Salvador), a sede da empresa Huawei, em Pequim. Na ocasião, foi apresentada à comitiva do Governo da Bahia os produtos da empresa para as áreas da Educação, Segurança e Saúde. Além de Pinheiro, acompanharam o governador os secretários estaduais Jaques Wagner (Desenvolvimento Econômico), Bruno Dauster (Casa Civil) e Fábio Vilas-Boas (Saúde).
 
A Huawei é uma fornecedora global de soluções de tecnologia da informação e comunicação (TIC). Os produtos da empresa são usados em mais de 170 países e regiões, atendendo a mais de um terço da população mundial. A Huawei possui 16 Centros de Pesquisa e Desenvolvimento instalados em todo o mundo.
 
"Conhecemos os produtos de ponta da empresa para avaliarmos de que forma podemos usar na Bahia, em atividades como telemedicina, monitoramento de ruas e nas escolas estaduais", explicou o governador. 
 
Segundo o secretário Walter Pinheiro, a visita à empresa é voltada, inclusive, para a reestruturação do atendimento das escolas, no que diz respeito aos serviços de internet, tendo em vista que o Centro possui grande influência global no conceito de banda larga móvel. O secretário ressalta que as parcerias que estão sendo discutidas na China envolvem também as áreas de  Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), além da captação de investimentos em infraestrutura. “São ações estratégias que visam dotar as escolas da rede estadual de tecnologia e inovação, somando-se às medidas adotadas pelo Governo do Estado para fortalecer o eixo pedagógico das escolas e contribuindo para a melhoria da Educação no Estado”, destaca.
 
 
Alemanha
Depois da China, Pinheiro embarca para a Alemanha, onde visitará o Instituto Fraunhofer, pertencente ao Institute for Solar Energy System (ISE), em Freiburg, e a Universidade de Heidelberg, em Heidelberg. A ideia é ampliar a parceria com Instituto Fraunhofer, que já possui atuação na Bahia com o Cimatec, na perspectiva de introduzir no convênio já celebrado entre a Secretaria da Educação do Estado e o Sistema S (Sesi/Senai), os cursos técnicos no campo das Energias Renováveis, assim como, a implantação dos novos Centros de Educação Profissional e Tecnológica nesta área.
 
Uma das perspectivas é capitalizar apoio para a implantação de novos centros de Educação Profissional e Tecnológica na Bahia, que atuarão com energias renováveis, beneficiando estudantes de Salvador e cidades do interior, como Camaçari e outras das regiões já beneficiadas com a geração de energia eólica, por meio dos Parques Eólicos implantados pelo Governo do Estado, na região de Caetité, Guanambi e Pindaí.

Notícias Relacionadas