Secretário Walter Pinheiro dialoga com o MCTIC buscando novos projetos para a Bahia

A inovação e a tecnologia estão contribuindo para fortalecer o eixo pedagógico nas escolas estaduais. Tem sido assim, por exemplo, por meio do projeto e-Nova Educação, implantado pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com o Google. Agora, o secretário da Educação, Walter Pinheiro, dialoga com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), buscando parceria para novos projetos para a Bahia.
 
Para tanto, Pinheiro solicitou audiência com o ministro do MCTIC, Gilberto kassab, com quem se reuniu, nesta terça-feira (24), em Brasília. Um dos pontos de pauta foi o apoio para a implantação de banda larga nas escolas da rede estadual. “Estamos trabalhando para que todas as nossas escolas tenham uma cobertura de banda larga de alta velocidade, seja por meio de fibra ótica, satélite ou via rádio, até o final do ano. Já estamos em curso com a instalação de 320 pontos de satélite no interior e já consolidando este processo nas escolas estaduais em Salvador”, afirmou Pinheiro.
 
O secretário destacou que esta estruturação é fundamental para que os estudantes acessem os conteúdos que estão sendo disponibilizados pela Secretaria por meio de diferentes plataformas digitais. “A tecnologia é uma ferramenta importante para o pedagógico, de modo que os nossos estudantes possam acessar todos os conteúdos digitais educacionais que estamos disponibilizando, por meio de projetos como o e-Nova Educação, que temos em parceria com o Google”, destacou.
 
Durante o encontro com o ministro, Pinheiro também alinhou a participação do MCTIC no XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores encontros internacionais de tecnologia aplicada à Educação da América Latina, que será realizado pela primeira vez na Bahia, de 4 a 8 de junho. O evento contará com a participação de renomados pesquisadores brasileiros e estrangeiros e será realizado no Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado, que funcionará no antigo ICEIA, no bairro do Barbalho. O espaço passa por ampla reforma e requalificação. 

Notícias Relacionadas